O cálice – Recipiente para o pão e vinho

Imprimir

A globalização não se detém, mesmo em se tratando de elementos litúrgicos. Os cálices para a Santa Ceia são produzidos e enviados para congregações novo-apostólicas alem das fronteiras dos países.

O lugar de onde provem é uma cidade no estado confederado de Tamil Nadu, na Índia.

Há dois mil anos Jesus Cristo instituiu a Santa Ceia na noite anterior à sua crucificação. Quando estava com Seus discípulos, partiu o pão e ofereceu vinho, explicando a respeito de Sua morte próxima em sacrifício: “Tomem e comam; isto é o meu corpo. Em seguida tomou o cálice, deu graças e ofereceu aos discípulos, dizendo: Bebam dele todos vocês. Isto é o meu sangue da aliança, que derramado em favor de muitos, para perdão dos pecados” (Mateus 26:26-28).

Pouco depois, as primeiras comunidades cristãs se reuniam para o festejo da Santa Ceia. E também hoje no século XXI os cristãos se reúnem em recordação desta primeira Santa Ceia e em memória do padecimento de Cristo e do seu retorno prometido. Os cristãos confessam na Santa Ceia a morte do Senhor e vivenciam a presença de Jesus Cristo (Catecismo INA 8.2: A Santa Ceia).

O cálice de Santa Ceia: um recipiente litúrgico

O cálice pertence desde sempre entre os recipientes litúrgicos das comunidades cristãs; ou, o cibório, como é denominado o cálice com uma tampa fixa. Originalmente o cálice era o recipiente para a água, que no festejo da Santa Ceia se tornava o recipiente que recebia o vinho a ser servido. O cálice ia passando de mão em mão, até que todos tivessem bebido dele. Entre 1917 e 1920 a Igreja Nova Apostólica introduziu as hóstias com três gotas de vinho derramadas na sua superfície. O cálice existente se utilizou desde então como recipiente para colocar as hóstias.

Antes o cálice era coberto com um véu, um “lenço branco, quase sempre bordado, que protegia o cálice da Santa Ceia ou também uma taça para hóstias (pátena), para proteger os elementos da sujeira”, como explica a Rede da História Apostólica. Na congregação Frankfurt - Oeste (Hesse) ainda se usa dois desses cálices com véu. E debaixo do cálice está o corporal, um lenço também branco que antigamente, na liturgia romana, conformava a manta superior do altar ou palia corporalis.

Os materiais: madeira, marfim e prata

Na Idade Média, os cibórios eram confeccionados de madeira especial ou de marfim; mais tarde usavam-se então metais preciosos como prata e ouro para sua fabricação. Artesãos especiais fabricavam esses objetos litúrgicos. Mas nem todo país pode se dar ao luxo de ter prata e ouro, informa a Igreja Nova Apostólica das Filipinas em sua página web. Os cálices de Santa Ceia formam parte do standard mínimo de uma congregação novo-apostólica, dessa forma todos os esforços estão sendo colocados em prática.

Em Chennai (Índia) são produzidos desde 2013 em uma pequena manufatura cálices de Santa Ceia. Estes são enviados às congregações nos diversos continentes. “Global sourcing” (provisão global) significa também nesse caso trabalhar em conjunto através das fronteiras das Igrejas regionais. Por encargo da Igreja Nova Apostólica Internacional, a Igreja regional Ásia do Sudeste é responsável pela respectiva logística.

A produção em dois anos: 16.900 cálices de Santa Ceia

Nos últimos dois anos foram produzidos quase 17.000 cálices que foram exportados. Quando, em Pentecostes 2014 os 55.000 participantes do Serviço Divino celebraram a Santa Ceia no Estádio Olímpico de Munique, 2.000 dos cálices que se usaram foram fabricados na Índia.

Outros 3.000 cálices adicionais foram enviados por navio à Cidade do Cabo, 3.600 para Angola e pequenas quantidades a Santo Tomé, Ruanda, Papua Nova Guiné, Timor, Coréia e também para as Filipinas. Outros 500 cibórios foram enviados no último mês via aérea para o Quênia.

O formato: pequenos cálices, grandes cálices

São produzidos dois modelos diferentes de cálices: um cálice sem base, que geralmente é utilizado em congregações pequenas em zonas rurais e um assim chamado cálice duplo com uma patena interior, no qual cabem mais hóstias e estão destinados a Serviços Divinos maiores.

Os cristãos novo-apostólicos da China têm sua própria produção de cálices. Tomam um recipiente de arroz, como os utilizados no dia a dia para comer e colocam uma cruz que fixam sobre sua tampa. “Não tem uma má aparência”, é a opinião do Apóstolo de Distrito Urs Hebeisen como sinal de reconhecimento e que com toda certeza cumpre com a sua finalidade.

Foto 1: Cálices de Santa Ceia utilizados na Igreja regional Ásia do Sudeste. Foto: NAC South East Asia.

Foto 2: Cálices de Santa Ceia na China: os irmãos fabricam uma cruz e fixam a mesma sobre a tampa de um recipiente de arroz. Foto: NAC South East Asia

Nac.today

INFORMAÇÃO DO ARTIGO

Autor:  Oliver Rütten

Data:   03.11.2015

Palavras-chave: África, Ásia, Índia, estrutura, internacional, Alemanha

Eu amo Jesus 

... se assim não fosse, como é que eu poderia celebrar a Noite de Natal e o Natal?

 


Com nac.today da Igreja Nova Apostólica, começou um novo meio de difusão. Com os relatórios do mundo todo, o novo magazine de notícias da Igreja Nova Apostólica Internacional (INAI) irá fornecer diariamente informações que sejam de interesse para os cristãos novo-apostólicos e leitores interessados. O conteúdo do novo magazine de notícias incluirá questões internacionais relevantes. Fazem parte delas, entre outras, questões sociais, relatórios detalhados sobre os anúncios da Igreja, bosquejos biográficos e artigos sobre história.

nac.today

nacworld

Nacworld é a rede social da Igreja  Nova Apostólica. Esta rede lhe oferece a oportunidade de fazer contatos em todo o mundo e cultivar amizades. Aqui você vai encontrar pessoas interessantes, vários temas sérios ou bem-humorados, imagens (fotos), vídeos e diferentes opiniões...O uso de nacworld é isento de custosPara se registrar nacworld você precisa apenas de um minuto, e assim passará a fazer parte dos ... 31187 membros que estão atualmente registrados no nacworld. Quantos deles você conhece? 

Nacworld está aberto à opinião.

  • Apóia entretenimento assistido
  • E-mail, chat, fórum, mídia, contatos
  • 24 horas/dia , 365 dias ao ano

Entre agora mesmo e faça parte.

https://nacworld.net/public

Copyright © 2018 Igreja Nova Apostólica. Template designed by olwebdesign.